REFORMA DE APARTAMENTO: PASSO A PASSO

Atualizado: Mai 14

Entenda o processo de reformar seu apartamento e como ele pode ficar muito mais fácil com um arquiteto!




Etapas de uma reforma completa de apartamento

Como você verá abaixo, o processo de reforma de apartamento engloba não somente a obra em si, mas várias outras etapas que acontecem antes, simultaneamente ou depois. Para evitar dores de cabeça depois, o ideal é contar com a ajuda de um escritório de arquitetura para montar o planejamento de reforma. Cada etapa deve ser realizada no momento certo e ter o acompanhamento adequado. Confira o passo a passo de uma reforma completa quando você busca o Studio Tucah Campos.


1) Pré-obra: Colocando seu sonho no papel


A primeira etapa para ter o apartamento que você sempre quis com um projeto de arquitetura é colocar as suas ideias no papel. No nosso primeiro contato, logo buscamos entender como é o apartamento onde você sempre quis morar, como é a sua rotina e quais são as suas dores e sonhos. Descobrir isso é essencial para desenharmos um lar que combine com você e as suas aspirações. Montamos um mapa visual com suas referências.


2) Medição


Em seguida, fazemos uma visita ao seu apartamento e tiramos todas as medidas para que seja produzida uma planta fiel à realidade.


3) Projeto


A partir da medição, é realizado um estudo propondo mudanças na planta para melhor distribuição e aproveitamento dos ambientes. Apresentamos desenhos em 3D para ajudar você a compreender melhor o resultado, ver como cada item vai ficar no apartamento finalizado.

Uma vez aprovado esse estudo, partimos para a criação das plantas técnicas - projeto detalhado (como elétrica, hidráulica, marcenaria, etc), contendo várias orientações que são entregues aos responsáveis de obra para guiá-los durante toda a reforma de apartamento.


4) Aprovação Junto Ao Condomínio


Antes de começar uma reforma, é preciso resolver algumas questões burocráticas, como a aprovação do condomínio. Cada condomínio possui uma exigência quando se trata de autorizar a reforma. Basicamente, o essencial para viabilizar a reforma em um condomínio é a apresentação de determinados documentos, tais como: o plano de reforma, contendo o escopo das alterações; o projeto; a RRT ou a ART; e o cronograma de obra.

Esta etapa é extremamente importante para a realização da reforma, uma vez que o síndico tem o poder de barrar o andamento de uma obra que não corresponda às exigências legais (como a emissão da RRT em São Paulo) ou do condomínio.

Quando você contrata um escritório como o Studio Tucah Campos, os profissionais resolvem tudo. Além de respeitar as regras do condomínio onde a reforma é feita, os arquitetos conseguem a documentação legal sem a qual uma reforma não pode ser realizada.

Uma semana antes do início da obra, é de bom tom visitar o apartamento e conversar com quem terá a rotina influenciada pela reforma. Ir ao prédio conversar com o síndico, os porteiros e a vizinhança. Isso é essencial para manter um clima amistoso com as pessoas ao redor para que todos tenham conhecimento da obra. Na ocasião, o profissional também pode arrumar o espaço para o início das obras.


5) Orçamento de Obra


Após a execução do projeto, é produzido o orçamento para a reforma. Dentro do orçamento está tudo que será gasto, desde acabamentos como porcelanatos e louças, até materiais básicos, como sacos de argamassa, tubos de hidráulica, fios de elétrica e valores de mão de obra.

O orçamento é essencial para conseguir prever quanto se vai gastar e para ter uma lista de materiais detalhada. Assim é possível comprar sem desperdício e nem falta.


6) Tem Início A Reforma Do Apartamento


É nesta etapa que começamos a colocar a mão na massa de fato. A reforma de apartamento é dividida em quatro fases principais: demolição, instalações, acabamentos e finalizações.

A reforma é organizada por etapas de trabalho e não por cômodos. Isso significa que a ordem será pelas tarefas que serão realizadas em vários cômodos.

Um projeto é muito importante para planejar todas as etapas. Quando a obra é feita sem um projeto, não existe um planejamento para orientar a ordem de tudo o que será feito e o prazo. Os riscos de mudanças no meio do caminho são maiores e, claro, o risco de demorar mais tempo para a obra ser finalizada, também.


Fase 1 - Demolição

A primeira etapa de uma obra é a de quebra-quebra, na qual será retirado tudo o que será descartado no novo apartamento, como piso velho, paredes de cômodos que serão integrados, louças antigas. Quebrado tudo, é o momento de retirar o entulho para que os profissionais das etapas seguintes comecem a trabalhar.


Fase 2 – Instalações

A etapa de instalações começa antes da finalização completa da fase de demolições. É nela que são realizadas as alterações na infraestrutura elétrica, hidráulica e ar condicionado, além da construção de alvenarias previstas no projeto.

As instalações incluem também a impermeabilização das áreas molhadas, como banheiros, área de serviço e varandas. Essa costuma ser uma etapa longa que envolve diversas equipes trabalhando ao mesmo tempo no apartamento, portanto é fundamental que todos os times saibam trabalhar em equipe e sejam coordenados por um profissional.

Muitas vezes, os moradores têm uma ideia de que essas partes estão boas e de que não é preciso reformá-la. Nós sugerimos que sempre haja uma avaliação para verificar como está o estado da fiação e dos encanamentos, afinal, como as paredes já estão quebradas, é muito melhor já deixar essa parte perfeita do que correr o risco de, em poucos anos, ter um incêndio na parte elétrica ou uma infiltração, por exemplo.

Além disso, se a infra de elétrica e hidráulica são reformadas, é provável que elas não voltem a dar problema por cerca de 20 anos, ou seja, provavelmente você não terá nenhuma dor de cabeça enquanto morar neste apartamento.


Fase 3 – Acabamentos

Após ajustar toda a parte não-visível do apartamento, é hora de cuidar do que é aparente. A terceira etapa, dos acabamentos, costuma ser a mais extensa da obra. Os revestimentos e pedras serão trocados, bem como a vidraçaria e a marcenaria.

Algumas atividades demandam um tempo de execução e um tempo de espera para o início de outra. Essa dependência de atividades impacta diretamente o cronograma final da reforma de apartamento, mas já terão sido previstas pelo arquiteto ainda na fase de estudo e projeto.

Além disso, algumas etapas, embora só sejam instaladas agora, começam a ser produzidas bem antes, como a vidraçaria e a marcenaria, que são encomendadas semanas antes para que estejam prontas na data em que forem instaladas. Iniciam-se, então, as fases derradeiras. Colocação de louças e metais e instalação de luminárias.

Superadas todas essas etapas, o novo apartamento está quase pronto. Seus materiais são de boa qualidade e duráveis, combinando com o estilo do morador. Então, começa a parte da decoração de interiores.


Fase 4 – Decoração de interiores

Por último, vem a fase de finalizações, que envolve pintura, instalações de espelhos e objetos de decoração (plantas, vasos, livros, quadros) e limpeza fina. Há ainda um teste de toda a infraestrutura elétrica e hidráulica, para que possíveis falhas sejam reparadas para uma entrega perfeita de obra.

Contato

Temos conteúdos incríveis para compartilhar com você.

Assine nossa newsletter e ganhe 10% de desconto no seu projeto:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Pinterest
  • Branca Ícone LinkedIn

Copyright 2020 | Studio Tucah Campos